Buscar
  • HELIO BARROS

Métodos de Gestão de Ativos

Atualizado: 19 de Dez de 2018

Quais as opções técnicas mais usadas e qual eu uso na minha carteira


A escola clássica nos traz 3 métodos para fazer um gestão de carteira de investimentos . Primeiramente deve se ter me mente por que ,afinal de contas, ter um método pra isso ? O que diferencia um investidor que ganha dinheiro do que não ganha é a racionalidade. Ter um método elimina o problema que se tem da mão coçando pra vender ativos quando estão despencando ou comprar quando já estão muito caros . No longo prazo o método e a consistência em executá-lo que faram com que você seja bem sucedido. Sem mais delongas vamos a eles


Buy and holding

Método simples ( muito usado por famosos investidores tipo Warren Buffet) e consiste basicamente em comprar e segurar o ativo

Pressupõe que sua tolerância ao risco aumenta conforme seu patrimônio aumenta e esse aumento é feito de forma passiva

Exemplo sua carteira contém 20 % em ações e 80% em renda fixa 20 e 80 mil

Após 6 meses as ações subiram 40% e RF 5%

Sua nova carteira seria 28 ( 25%) e 84(75%)

Sua exposição ao risco da renda variável aumentou proporcionalmente de forma passiva

Bom: tem baixo custo , em nenhum cenário é a pior opção e é fácil de executar
Ruim: nunca é a a opção que mais maximiza seus ganhos ou minimiza as perdas

CPPI

Tem uma base matemática ( $ = m( total - piso)) e assume também que você aumenta o risco com o aumento do patrimônio mas aqui você o faz de forma ativa comprando quando sobe e vendendo quando desce

Bom : tem a melhor performance quando existe uma tendência de alta principalmente ( vide bolsa americana )
Ruim: mais difícil de ser aplicada , tem maiores custos , ruim em mercados sem tendência e com oscilações


Constant Mix

Aqui pressupõe que o seu risco deve se manter constante e para isso você ativamente compra quando o ativo cai e vende ativos quando sobe

Bom: em mercados que oscilam bastante ( BRASIL -SIL) , fazendo você comprar na baixa e vender na alta
Ruim: tem maiores custos e requer alguns cálculos , tem pior performance se houver uma tendência forte de alta


Eu aplico o Constant mix porque acho mais adequado ao nosso mercado tipicamente caracterizado pelo forte oscilação e temos dificuldade de identificar qual é a tendência predominante quando você está no meio dela e principalmente quando estamos mudando de direção mas acho importante que todos conheçam as opções e tirem as suas próprias conclusões


Até mais , se informem e façam boas escolhas



Como brinde aqui vai uma indicação pra quem quer aprender mais sobre isso : é o livro alocação de ativos de Henrique Carvalho .Um livro bem didático que ensina não só o princípio de montagem de carteiras como também o porque usar o constant mix


Alocação de Ativos




0 visualização

© 2017 Doctor Invest

São Paulo -SP

  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon